Mestre dos Centavos

Sem medo, sem desculpas, apenas resultados.

terça-feira, 21 de março de 2017

Pequenos Empreendimentos Grandes Negócios

Olá Confrades

Este post irei dedicar para todos aqueles que não sabem muito bem o que fazer da vida, para aqueles que ficam procurando formulas magicas de enriquecimento em vão, para aqueles que tem alguma merreca guardada mas não sabem o que fazer  para que esta se multiplique mais rapidamente, para os que estão em situação de desespero, para quem está desempregado, para quem quer mudar de emprego, emfim, essa porrah serve até pra mim rs.





Há algum tempo atrás nosso amigo, chegado, truta, parceiro, barraqueiro ops digo companheiro e ainda blogueiro Viver de Construção fez um post bem interessante sobre um tipo de empreendimento em que algumas pessoas se dispõe a fazer dado sua baixa concorrência e melhor ainda o menor investimento necessário para tal. Vocês podem conferir o poste dele aqui.

Então pensando nisso me atentei a um fato que até então havia passado despercebido e resolvi investigar sobre, e as respostas que encontrei foram deveras interessantes.

Existem muitas oportunidades para os pequenos negócios, basta saber enxergar e ter coragem de levar a ideia adiante.

E se, eu dissesse a vocês que existe uma forma mais legal de ganhar a vida?

Ganhar a vida de que maneira mestre?

Bom jovem mancebo,  que tal ganhar a vida sem ter um chefe tetinha no seu pé, fazer o seu próprio horário, ganhar mais de 6mil por mês investindo pouco e a cereja do bolo, não pagar imposto para ninguém?

Como pode isso mestre?  Isso é realmente possível?

Claro que sim meu caros, neste mundão véio sem porteira existem N formas de ganhar dinheiro, maneiras que nem imaginamos que algumas pessoas ganham a vida, e ainda maneiras que nem existem mas que serão pensadas e colocadas em práticas em um futuro próximo por algum maluco.

O que vou falar aqui não é nenhuma novidade e nem estarei reinventando a roda, é algo simples onde qualquer ser pensante com coragem pode fazer.

Pois muito bem, indo direto ao assunto eu tenho um parente próximo que vive sabem do que?




Vendendo uva!!! Isso mesmo, a porrah da uva!

É um puta negócio mas que exige disposição  e coragem dos envolvidos.

Esse parente é meu tio!

O lance funciona basicamente assim:

Como ele mora em uma região que é abastada por essa fruta, somado ao fato de morar próximo a uma cidade considerada a capital da uva, há muitos produtores locais que vendem tanto no atacado quanto no varejo. Como a demanda por  este produto é totalmente atendida pelo mercado local sobra-se muito e a alternativa dos produtores é venderem para pessoas como meu tio que compra seus produtos para levar para cidades mais distantes onde a oferta deste produto é escassa.

Eis o pulo do gato!



Esse meu tio vai até esses produtores, compra por exemplo uns 200Kg pagando um preço médio de  R$ 2,50 por Kg que dá R$ 500,00. Geralmente os próprios produtores já separam o produto, ele só tem que ir lá buscar.  Então ele coloca as uvas em caixas e carrega tudo dentro de um carro popular, ele tira os bancos para ter mais espaço e viaja com seu sócio em cidades onde não tem tanta oferta deste produto.  As cidades que ele visita é escolhida de forma aleatória conforme sua vontade e quando há despesas tipo carro quebrando no meio do caminho elas são divididas entre os dois. Simples assim.

Ele me disse que vende o Kg da uva a um preço médio de R$ 8,00. Difícil um dia em que ele não vende tudo pois oferece somente nos comércios das cidades de porta em porta. Pra vocês  terem uma ideia em um único dia ele faz em média R$1.600,00 reais bruto. Ele sai bem cedo para viajar para o local que ele escolhe para vender, cedo mesmo tipo uma 5:00hs da manhã , distancia media entre ida e volta de 600km. Ele diz gastar em media R$400,00 entre combustível, pedágio e comida sobrando livre em um único dia R$1.200,00 para ele e o sócio dele dividir. Claro que não é todo o dia que eles  vão vender pois passam por alguns contratempos que são:

·         Não é um trabalho fácil pois exige disposição para ficar o dia todo em pé andando por toda uma cidade em baixo de sol e calor excessivo.

·         Depende exclusivamente da oferta do produto na região pois o estoque é limitado e a safra não dura o ano todo.

·         O  fator clima também prejudica bastante pois em dias chuvosos a venda se torna inviável.

·         Raramente acontece mas pode ser que apareça algum fiscal da prefeitura enchendo o saco, e se isso acontecer o jeito é ir para outra cidade.

·         Problemas mecânicos podem ocorrer pois só tem um veiculo que usa para a locomoção.

·         Outros fatores como problemas de saúde, problemas pessoais etc.


Reprodução quase fiel do tio do mestre dos centavos (tomara que ele nuca leia esse blog hahahahaha)

Independente destes contratempos ele não deixa de faturar uma grana boa e sem os aborrecimentos da CLT. Ele já sustenta sua família a um bom tempo trabalhando com isso e nem cogita a ideia de voltar a trabalhar como empregado. Com um melhor planejamento e uma pessoa de visão para ajuda-lo ele poderia melhorar em muito o negócio mas segundo o mesmo prefere deixar do jeito que está.

O investimento inicial necessário para este negócio hoje está em torno de R$15.000,00 segundo meus cálculos e também pelas ferramentas que meu tio utiliza que é um carro que custa R$14.000,00, umas 10 caixas plásticas para armazenar o produto que custará  R$300,00, uma balança manual R$300,00, um maço de sacolas plásticas R$ 20,00 e o investimento para comprar o primeiro lote de uvas que sai em media R$300,00. 

Pronto você já pode começar a trabalhar!

Vocês devem estar se perguntando assim: Mestre se esse negócio é tão bom porque você não faz? Ora, por diversos motivos, primeiro que já estou mal acostumado com o falso conforto da CLT, segundo que não tenho pique sou preguiçoso para ficar o dia inteiro de pé caminhando sobre o sol somado aos meus problemas de saúde, e terceiro que não tenho paciência pra isso. Mas se um dia eu ficar desempregado apesar de todos esses contras eu não descarto encarar esta possibilidade.

É isso ai soldados, é um negócio interessante sim, demanda baixo investimento e se vocês notarem que a região onde moram carece deste tipo de demanda, ou ainda outra similar, não deixem de pesquisar e notar como algumas pessoas ganham a vida das mais variadas formas.

A busca por novas alternativas de complemento de renda nos deixa um passo mais próximo a nossa tão querida e sonhada independência financeira.



                                      Obs: O que salva a música são as dançarias hahaha



Que a força esteja com vocês!

70 comentários:

  1. Aqui na minha cidade os caras buscam morangos na região serrana e também tem um excelente faturamento.

    Tiago Carvalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Tiago, se as pessoas aprenderem a observarem do que a região carece pode ser uma boa oportunidade de negócio.

      Abç

      Excluir
    2. Gostei disso aí.

      Aqui o preço da uva é 8 reais mesmo, em média. Então não compensa pra vir vender aqui. Fora que, empreendimento assim, é bom quando você faz para suplementar a renda, não complementar.

      Vou ler o post da pipoca. Me lembra dos meus sonhos de ser empreendedor com essas comidas de rua. Na prática é algo muito difícil se não tiver suporte.

      Excluir
  2. Respeito muito o que seu tio faz, mas eu passo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. É um bom ramo pra quem compra direto dos produtores. Mas não viaja, não há pulo do gato nisso cara, é produto altamente perecível e fora que tem altos gastos com condução/ viagem.
    Vc fez um post pra falar sobre empreender vendendo uva? PQP mano, reveja isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu disse pulo do gato eu me referi ao fato dele morar em uma região abastada deste produto e que ele leva a lugares onde essa demanda não é atendida. Sim é um produto altamente perecível que dura no máximo dois dias mantendo a sua qualidade. E esses R$ 1.1200,00 que ele tem de lucro junto com o seu sócio é livre de tudo já deduzindo todos os gastos.

      E é sim um empreendimento, pois a partir do momento que você tem um produto ou serviço a oferecer em troca do lucro já pode ser considerado um empreendimento onde não importa o ramo ou área de atuação.

      Abç

      Excluir
    2. Mestre dos centavos é muito sonhador; Eu já fui assim também, vendia salada de frutas, desenhei e adesivei minha própria marca no carrinho. Quando foi na prática, percebi que se não tivesse um apoio logístico foda por trás, ia viver de 30 centavos por dia.

      Empreendedorismo com bibocas não é bem como pensam. Tenho conhecimento de causa e poderia relatar inumeras situações aqui, mas vamos resumir numa frase: empreendedorismo no Brasil só funciona para quem nem precisava empreender.

      Ponham isso na cabeça. E, ala Boechat, "vamo nessa".

      Excluir
  4. Já vendi tudo desde verduras a roupas e produtos do Paraguai.

    Muito bom o retorno, hj vendo mais é ouro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vende ouro? Não me lembro de voce ter dito isso no seu blog. Conte mais rs

      Excluir
    2. Sou arrematante cadastrado no penhor da CEF. Depois farei um artigo sobre isso no blog.

      Excluir
    3. Vou marcar pra ler no inoreader. O BPM viu muito mercado de ouro lá no Qatar, como será isso aqui no BRasil?

      Excluir
  5. Funciona para qualquer mercadoria

    ResponderExcluir
  6. Cara, ri alto na repartição quando eu li "a porrah da uva" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Enfim, eu penso exatamente como você e o VdC... eu tenho um certo TOC de "não conseguir ficar um minuto sem produzir algo que me dê retorno financeiro".

    Embora eu tente, ainda não peguei um nicho que me deu retorno. Um dia acerto!

    hahaha

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. i ae chará

      um dia encontraremos nossa galinha dos ovos de ouro hahaha

      Excluir
  7. Muito bom Mestre!

    As vezes a programação que nos põe na cabeça é mais fortes do que nós.

    Tempos atrás eu tinha parado de investir, porque todo mundo ao meu redor dizia que era perda de tempo, que não iria ganhar nada e etc. Foi só arranjar um trabalho massacrante que meu senso de urgência foi a mil e voltei como louco até fazendo trades em opções pra recuperar o tempo perdido.

    As vezes só o que precisamos é de um empurrãozinho para despertar o nosso senso de urgência.

    Abraços e sucesso financeiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PS

      Essa programação é forte mesmo afinal fomos ensinados a ser meros empregados na escola e estamos desaprendendo o errado e aprendendo o certo agora.

      Abç

      Excluir
  8. Mestre esse negocio então pode ser iniciado com menos de 10% do valor que você estipulou usando carro alugado, e se usar aquelas caixa dobráveis da pra pegar um blablacar ainda na volta para cidade minimizando um pouco o custos com combustível , e nos dias chuvosos ou fora não tem o custo do carro parado nem todo esse perrengues de manutenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá soldado

      Você está correto em suas análises, dá para adaptar em N formas essa situação. Para quem não tem nada a perder acho que vale o risco.

      Abç

      Excluir
  9. Porque você não parte pra essa empreitada M.C?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse no texto "Vocês devem estar se perguntando assim: Mestre se esse negócio é tão bom porque você não faz? Ora, por diversos motivos, primeiro que já estou mal acostumado com o falso conforto da CLT, segundo que não tenho pique sou preguiçoso para ficar o dia inteiro de pé caminhando sobre o sol somado aos meus problemas de saúde, e terceiro que não tenho paciência pra isso."

      Abç

      Excluir
  10. Continue buscando idéias de empreender.
    Vai chegar a hora do "estalo" em que você encontrará algo que conseguirá investir esforço e dinheiro.
    Idéias que nascem do nada são raras, acho que só observando e estudando pode desenvolver o "olhar" para reconhecer uma situação onde ali pode ter uma oportunidade a ser explorada.

    Não importa que o post foi sobre uva, o que importa é que este aqui já mostrou para vários mancebos algo tão simples e que as vezes nunca pararam para pensar que poderia ser lucrativo. Parabéns !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras poney, aguardo ancioso por esta hora milagrosa rs pois por incrivel que pareça eu acredito que ainda serei proprietário de algum negócio.

      O tempo dirá.

      Abraço e obrigado pela visita!

      Excluir
  11. Sempre leio seu blog e nunca comentei,moro no Maranhão e trabalho a noite ganhando 1400 uma marreca,vou juntar um dinheiro do fgts inativo,pis e férias e tacar o foda-se,vou comprar sandálias femininas pra revender,se não der certo mas pelo menos tentei,farei isso no tempo livre que tenho durante o dia, trabalho 12×36 fico ocioso uma boa parte do dia,esse post veio numa boa hora mestre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, primeiramente obrigado por comentar e sinta-se a vontade para bater um papo comigo sempre que voce quiser!

      Sobre esse produto "sandalias femininas" você já fez um estudo sobre o mercado local? A necessidade por esse bem ai existe para ser suprida? Se sim vá em frente e arrisque!

      Aproveite este tempo ocioso que voce tem a seu favor mesmo.

      Estarei torcendo por você! Depois venha aqui no blog e me conte como foi a experiência.

      Abraço

      Excluir
    2. Sem desmerecer a ideia, anon, aqui no meu bairro uma empresária abriu uma loja de sandálias femininas, e é uma loja com decoração, piso de madeira, balcão, luzes de shopping que não sei o nome. O foda é que esses empresários dono de loja devem ter várias, pois tem cinco, seis loja de roupa chinesa tipo camelô nessa mesma rua que o movimento é fraco pra mediano (elas estão a muito tempo, por isso ainda vendem bem) mas as dondocas, os caras, tudo estacionando Hilux, ASX pra cima nas portas. Não sei o faturamento deles, porém eles devem ter mais de uma loja.

      Sim, a dondoca da loja de sandálias o movimento lá é fraco.

      Excluir
  12. Fala Mestre, eu acredito que em cidades pequenas há mais chances de empreender do que em cidades grandes ou grandes centros, há muito que se explorar em cidade pequena, esse seu exemplo é típico de cidade pequena, em cidade grande os produtos entregam em grandes quantidades para redes de supermercados, mercadões, ou vendem direto em feira livres, sem contar transito, deslocamento, enfim é coisa para gente grande !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala stifler

      Pois é, ai vai depender do tipo de produto que a pessoa trabalha pois há alguns que exigem mais demanda e outro nem tanto.

      Excluir
  13. é.. sempre tem oportunidades,eu por exemplo quase criei 600 codornas no quintal de casa. Iria vender para restaurantes,ovos em conserva etc etc... dei sorte de não começar a fazer pois ja estava tudo pronto,ai comecou subir o preco de milho soja etc etc,tudo que eu poderia usar pra alimentaçao subiu! mas o lucro ia ser uma margem boa,alem de eu gastar menos com proteina ou ovo normal em casa na hora de comer eu ainda iria ganhar uma grana por isso... 600,digamos que seriam 400 ovos por dia (tirando uma margem dizendo que 200 tenham problemas para fazer a postura do ovo,exagerando na margem mas imaginando 400 ovos).. vendendo em caixinhas para populaçao mais carente,ovos em conserva,restaurantes seriam 400x7 (dias de semana = 2800 ovos por semana) daria uma margenzinha boa até considerando que ovo em conserva é bem vendido por um preço mais alto e no final poderia vender a propria codorna (carne). Mas devido aos custos da alimentaçao pra elas desisti do negocio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante esse lance das codornas. Eu fiz uma pesquisa rápida e vo que o preço delas é bem acessível. o que encarece mesmo é ração

      Excluir
  14. Gosto de ler tudo sobre comércio.
    Esse negócio tem vários perigos, mas por ser simples, é bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é confrade, em alguns casos menos pode ser mais

      Excluir
  15. Amigo estou com um novo blog e nele indico os melhores sites para investimentos em Bitcoin, sites de investimentos seguros e com ótima rentabilidade, dá uma passada no meu blog e confere: http://topinvestimentoonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. E ae mestre dos centavos, você chegou a conhecer o novo blog do pobreta?

    Se chegou a conhecer, o que achou das duas últimas postagens em que ele diz ter transformado 20 mil em 1 milhão num investimento de alto risco, o blog está privado agora, ele diz que apenas poderiam participar do blog quem tinha se inscrito naquele feed antes desse post que eu falei. No último post ele pediu a quantia de 500 reais em bitcoin para poder participar do blog. O que você acha disso?

    ResponderExcluir
  17. Fala MC,

    Ainda to vivo caraiiii kkk.

    Porra, ja pensei em melhorar este negocio ai:

    Ao inves de vender direto pro cliente seu tio poderia fechar contrato com as lojas e entregar a uva na frequencia combinada, ou sub contratar os vendedores de uva e se encarregar apenas do transporte.

    Ou no melhor dos mundos so gerenciar as compras e entregas por telefone, e ter os vendedores em cada cidade.

    Muito bom o post, abre a nossa mente empreendedora.

    Abraço xibungo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. i ae confrade VDC você não esquece o xibungo mesmo né hahahahaha

      Eu tbm já pensei em melhorar o negócio do meu tio mas ele não quer nem saber de novas ideias. Vai morrer assim.

      Abç

      Excluir
  18. Olá, MC!

    É por isso que no meu bairro uma pá de motorista de van largou essa vida e partiu pra vender fruta na rua... agora tudo faz sentido hehe. A dica é boa, não é o trabalho mais divertido do mundo, mas é um ganha-pão digno e rentável (pra quem sabe gerir).

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  19. Bom lost irmão

    É assim mesmo, tem que ir observando. Eu quando fui demitido em Agosto 2016 comecei a ver o que seria viavel.
    Considerei hot dog mas desisti lois tinha 8k do acerto, e ia ser pouco. E confesso que teria um pouco de vergonha, e mais ainda ter que ficar la o dia todo, sem pkder fazer mais nada.
    Pet shop/aquarismo - chamei um cega que ja fez isso, só que a grana minha ia ser pouco também, e ele desistiu pq o comercio ta bem fraco na cidade, ele tem um amigo que alertou. A grana nao ia ser o bastante mesmo, eu teria que ter mais.
    Por fim abri um box de acessórios femininos com uma socia, em Outubro passado. Ela fica la a grande parte do tempo. Só que nao tivemos lucro tidando em Dezembro. Só perdi dinheiro ate agora, e a coisa pelo jeito nao vai rolar.
    Pelo menos arrisquei, não me arrependo não

    Uma hora a gente acerta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O negócio é ir tentando mano, uma hora a gente acerta!

      Abç

      Excluir
  20. Post instrutivo mestre.

    Tenho um amigo que vende assados (costela, alcatra, frango, linguiça) de sexta a domingo, local próprio, ele tem um bom rendimento, maior que muitos concursados, no local trabalham ele, o sobrinho que veio do interior e a mãe, esta fica no caixa.
    Ressaltei o fato do sobrinho ter vindo do interior pelo fato de que o rapaz é esforçado, com o dinheiro que ele recebe aproveita pra comprar carneiros, cabras etc, pra quando voltar da cidade viver tranquilo no interior, meu amigo está nesse pequeno negócio há 5 anos, detalhe, ele e formou em direito comigo.

    A ideia de pequenos negócios é muito boa, principalmente na área de alimentação, não digo na questão dos restaurantes em geral, mas na fragmentação do segmento, por exemplo lanches, espetos, assados, sacolão etc, conheço algumas pessoas que estão muito bem nos seus pequenos negócios, sem muita dor de cabeça.

    Por fim, é bom vê-lo postando mais temas além do fechamento do mês e o ranking.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal essa história do seu amigo pois alem dele faturar uma grana legal ajuda a família dele. Mas o ponto que eu mais gostei do seu comentário foram as palavras "Fragmentação do segmento" ta ai a receita para as pessoas usarem, simplificar alguma área de uma cadeia produtiva.

      Sobre os posts eu havia tirado férias da publicação de novos temas mas agora voltarei com novos assuntos.

      Abç

      Excluir
    2. Olha tem um dono de loja de sacolão que eu passo todo dia indo pro campus, que anda de audi a3 vermelha.

      Mas o local é um galpão bem localizado. Dependendo da economia do país, também é uma boa apostar nisso.

      Excluir
  21. Boa mestre, aqui na cidade tenho um amigo que comprou carro, moto e ta fazendo uma casa... ele toca sozinho um trailer de cachorro quente. O lanche dele é muito bom e todo dia bomba!

    Como anda a agiotagem amigo? To firme e forte aqui, o boca-boca é impressionante e a recorrencia tambem.

    Sub.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse negócio de lanche realmente da dinheiro que eu sei. Tenho um primo que ta louco pra mexer com isso pois trabalha em um como empregado e disse que o seu patrão está mudando de vida com isso. Ele só que repara no malandro hahahaha

      Os meus esquemas estão indo bem, diminui bastante a exposição mas ainda faturo algumas merrecas. Conforme meu patrimônio cresce aumenta também o meu leque de opções de "clientes" no entanto não ficaria mais limitado apenas a parentes e amigos ai o negócio já fica mais perigoso. Trabalhar com estranhos não é do meu perfil.

      Abraço

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  22. Prezado amigo blogueiro,

    Achei que apenas uma edição em inglês iria deixar de receber muitas pessoas no Brasil que não conseguem ou não querem ler em inglês. Como eu disse por lá o foco é publicar em inglês, mas para não deixar muitas pessoas na mão e dependendo do Google Translate achei por bem deixar as cópias em português brasileiro também.

    A cópia em português ficará no Blogger, com a url http://frugalsimples.blogspot.com.br Veja que na versão em português temos um “S” a mais para deixar a URL também em português.

    As futuras atualizações do frugalsimple.net também estarão disponíveis em português via blogspot.com.br

    A versão em português será um pouco mais enxuta e com menos fotos para otimizar para celular e conexões mais lentas e economizar dados do leitor, mas o conteúdo escrito será o mesmo. Sinta-se a vontade para comentar em qualquer um dos dois. Seu blog consta em ambos os blogrolls.

    Se preferir fique a vontade para add o http://frugalsimples.blogspot.com.br no seu blogroll também.

    Grande abraço!

    Frugal.

    ResponderExcluir
  23. Porra, seu tio vai indo bem...

    Nessas horas que a gente ve o quanto de oportunidades que existem...

    Na minha cidade tem muitos caras vendendo verduras na rua...talvez realmente esteja valendo a pena..

    Abs

    ResponderExcluir
  24. o cara que vender o kg da uva ou do morango na minha cidade abaixo de 10 reais vai ficar rico. rapidinho.

    ResponderExcluir
  25. Legal mestre, gostei da ideia, vou avaliar as possibilidades aqui na minha região, estou começando a empreender e todas as dicas são importantes.

    Abração.

    Beta semi-virgem da vovó.

    ResponderExcluir
  26. alimentação é o setor que sempre dará dinheiro
    um dia quero abrir uma empresa nesse ramo
    fornecer produtos para mercadinhos é uma boa
    sempre vejo aqueles caminhões parados na praça vendendo morango, uva, pequi...
    sempre tem público

    ResponderExcluir
  27. É CARA, PENSO COMO VOCÊ, SE PRECISAR EU FAÇO O QUE FOR NECESSÁRIO, MAS TORÇO PARA QUE TENHA OUTRAS OPÇÕES.

    ResponderExcluir
  28. Uma coisa que fiz antes de abrir meu próprio negocio foi ligar em inúmeras distribuidoras ,comecei ligando numa fabrica de baterias automotivas , depois materiais elétricos hidráulicos , pneu , e fui especulando preço de custo preço praticado pelo mercado , valor minimo de compra , se precisa de CNPJ e que tipo pra comprar e por ai vai ,,,
    As vezes na sua região você consegue virar um distribuidor de algum tipo de produto .
    Vendi um tempo carvão que na época virava entorno de 40% LUCRO bruto ,mais o custo e baixo, se não vender em casa mesmo ou vai com carro numa esquina movimentada e fica la vendendo nos fins de semana, ou coisa que da pra fazer de deixar pessoas em vários pontos vendendo ...

    ResponderExcluir
  29. Mestre, esses dias tava pensando sério em fazer um curso de cabeleireiro pra aprender a profissão e largar essa vida de CLT. Todos s dias na volta do trabalho passo em frente o salão onde corto o meu e vejo o dono lá, sentado de boa vendo tv ou cortando o cabelo de alguém e trocando ideia tranquilo, sendo que se ele fizer 4 cortes por dia, que não levam nem 2 horas de trabalho já tira 100zão, pois cada corte é 25 conto! Imagina um dia movimentado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço algumas pessoas que estão tirando uma grana boa com esse lance de cortar cabelo. Tem um sujeito aqui na cidade que abriu um salão estilo gourmet (ta na moda agora essa palavra) e o cara cobra 100 reais por um corte simples masculino.

      Excluir
  30. Fala, Mestre! Esses pequenos tipos de empreendedores são os melhores, tem idéias incrivelmente novas e com pouca concorrência. Também faço algumas (pequenas) vendas com coisas que compro da China e revendo no ML. É um bom jeito de dar uma auxiliada na renda.

    Sou nova nessa blogosfera e já te coloquei na minha lista de blogs. Você pode me adicionar ao seu blogroll?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala chiquinha! Seja bem vina a blogosfera. Depois nos conte mais sobre como funciona esta sua fonte de renda alternativa.

      Abç

      Excluir
  31. Cara, excelente post. Dinheiro real e muito bom humor! Nota 10, te adicionei no meu Blogroll e peço desculpas pela demora de ter feito isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio heavy. Fico lisonjeado. Não se preocupe por não ter me adicionado antes afinal a blogosfera não para de crescer e são muitos blogueiros para acompanhar.

      Abraço

      Excluir
  32. Excelente exemplo Anon. Comércio nesse estilo caixeiro viajante é uma das profissões mais antigas mas também mais lucrativas!

    ResponderExcluir
  33. Mestre sabe algum substituto pro blog do pobretao?
    O que aconteceu com o blog do jpfb ? Ele deletou ?

    Abraços.

    ResponderExcluir
  34. O post não é atual, mas resolvi comentar mesmo assim...

    Engraçado cara. Você comenta que dá pra vender uva ganhando mais de 1000 reais líquidos por dia de trabalho, e a única coisa que alguns viram foi "vender uva".

    - Ah, vender uva! To fora!
    - Uva! Hahahahah! Grande empreendimento!

    Ninguém olhou pros mais de 1000 líquidos.

    ResponderExcluir
  35. Acabei de cortar o cabelo, ia saindo dk salão e eis que aparece um vendedor de cofrinhos de gesso!! Isso mesmo, gesso!!!! 20$ por um gesso em forma de Hulk, cachorro, etc... depois vi a kombi na esquina.... qto eles devem ter pago por cada peça?! 5$, 6.....
    Vende 20 por dia e ja tem 400$ farurados sem estresse

    ResponderExcluir
  36. a grande questão é a seguinte:
    Quantos dias do mês seu tio consegue faturar 600 pratas?
    Não me leve a mal, mas essas histórias são mais bonitas no papel do que na vida real, quase um conto de fadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fal

      Uma média de 10 dias, porem há dias que não se chega aos 600 conto. Mensalmente ele tira a média de 5k.

      Abç

      Excluir